História do Bairro Cidade Jardim: o refúgio residencial em meio à metrópole

Que o bairro Cidade Jardim é uma das melhores regiões da cidade para se morar, não é novidade para os entendedores de São Paulo. Mas você conhece a fundo a história do bairro e todo o processo que decorreu até ele ser o que é hoje?

Se a sua resposta para a pergunta for “não”, descubra a história do bairro no texto a seguir:

A História do Bairro: como tudo começou

Afonso Sardinha, conhecido como “O Velho”, foi um sertanista português que viveu durante o período colonial e tomou posse de diversas terras do sudeste brasileiro, sobretudo na região de São Paulo e Santos. Dentre essas porções de terra, estava a região que hoje corresponde ao bairro Cidade Jardim.

A região foi se desenvolvendo a passos lentos, continuando completamente agrícola até seu loteamento se iniciar em 1927. Neste ano, diversas empresas buscavam lotear determinadas porções da cidade para classe média e alta, e, nessa leva, a empresa Cidade Jardim comprou um grande terreno e iniciou ali uma de suas empreitadas.

A partir desse momento, o bairro começou a evoluir mais rapidamente, e em 1941, quando o Hipódromo da Mooca buscava um novo endereço que suprisse as suas necessidades cada vez mais substanciais, a empresa Cidade Jardim cedeu uma área de 600 mil metros quadrados para que o Hipódromo mudasse de endereço e passasse a fazer parte do bairro Cidade Jardim.Com a mudança, o crescimento da região tornou-se exponencial. E aos poucos, o bairro ficaria cada vez mais conhecido por sua cultura ligada à prática do hipismo, esporte popular entre a elite paulistana. Hoje, o antigo Hipódromo da Mooca corresponde ao celebrado Jockey Clube de São Paulo, que atrai milhares de pessoas para treinar, competir e assistir às corridas.

Jockey Clube de São Paulo

 

Origens e Planejamento Urbano

Esquema desenhado por Ebenezer Howard para a idealização das Cidades-Jardim

 

Devido a expansão urbana e o crescimento econômico ao redor do mundo no início do século XX, Ebenezer Howard, pré-urbanista inglês, observou a oportunidade de  desenvolver projetos que buscassem equilíbrio entre o crescimento econômico e a possibilidade de viver de forma harmônica com a natureza, ainda que na cidade.

Para o urbanista, as cidades eram espaços de socialização, cooperação e de oportunidades, mas transbordavam problemas sociais graves. Enquanto isso, os campos eram marcados pela natureza e produção de alimentos, mas sofriam com a falta de infraestrutura e carência de oportunidades sociais.

A partir dessa percepção, Howard propôs o modelo das Cidades-Jardim, lugares que combinassem aspectos da cidade e do campo e que fizessem o movimento contrário da maneira como ele observava que as metrópoles estavam se desenvolvendo até então.

Todo o estudo de Ebenezer Howard na concepção das Cidades-Jardim foram utilizados para pautar o conceito do bairro paulistano, que, não coincidentemente, levou o nome Cidade Jardim e teve projeto implementado pelo urbanista inglês Barry Parker em 1950.

Características Arquitetônicas e Urbanísticas

O bairro então foi se configurando de modo a dar tanta importância para o desenvolvimento econômico quanto para a qualidade de vida e contato com a natureza.

Assim, a predominância de casas espaçosas, muitas vezes com projetos arquitetônicos únicos que vão desde estilos clássicos e coloniais até designs mais contemporâneos e minimalistas, tornou-se uma das principais características do bairro. 

Além disso, os terrenos amplos da maioria das residências permitiram a integração com o entorno natural, com jardins bem cuidados, áreas verdes e alamedas arborizadas.

 

Infraestrutura e Lazer

Além da beleza estética e da integração com a natureza, o bairro Cidade Jardim também se destaca por sua infraestrutura completa. Ruas bem planejadas, com calçadas largas e áreas destinadas ao lazer, incentivam os moradores a caminharem e aproveitarem o ambiente ao redor. Parques, praças e espaços de convivência foram estrategicamente distribuídos, promovendo um senso de comunidade entre os residentes. 

São mais de 20 praças espalhadas pelo bairro, e estima-se que, em média, cada morador do bairro está a menos de 500 metros de uma praça. Vale destacar também a presença de parques com ótima infraestrutura, como o Parque Alfredo Volpi, conhecido antigamente como Bosque do Morumbi, inaugurado em 1970 para ser uma área de preservação ambiental. Apenas nesse parque são cerca de 140 mil metros quadrados de área, fauna com aproximadamente 86 espécies de animais, 70 aves e flora composta por espécies remanescentes da Mata Atlântica.

Parque Alfredo Volpi

 

Vale destacar também que, para quem tem crianças pequenas ou pensa em formar uma família no futuro, o bairro conta com algumas das melhores escolas de São Paulo, como o Santo Américo, Porto Seguro, Miguel de Cervantes, Avenues e PlayPen.

Segurança e Qualidade de Vida

A sensação de segurança também é um dos grandes diferenciais do Cidade Jardim. A combinação de controle de acesso, monitoramento de segurança e uma comunidade engajada contribui para ruas tranquilas e protegidas, mesmo para quem mora em casas fora de condomínios.

Diferenciais e Valorização

Outro ponto importante que deve ser levado em consideração na hora de decidir morar ou não no bairro, é a valorização imobiliária da Cidade Jardim. A demanda por imóveis nessa região segue alta devido à combinação de alguns fatores, que incluem localização privilegiada, qualidade de vida elevada e a exclusividade que o bairro oferece.

Dessa forma, é possível concluir que a Cidade Jardim representa um equilíbrio notável entre urbanização e natureza e é a alternativa perfeita para quem faz questão de ter tudo que as melhores regiões da cidade tem a oferecer, mas sem deixar de lado o conforto que é residir em um bairro arborizado e residencial.

Sua história é marcada por uma visão ousada de criar um oásis de casas em meio à agitação da cidade, e essa visão se concretizou através de um planejamento urbano cuidadoso e uma arquitetura que honra o ambiente natural. Com seus destaques arquitetônicos, infraestrutura completa e ênfase na qualidade de vida, o Cidade Jardim permanece como um símbolo de sofisticação e bem-estar em meio à metrópole.

Se interessou? Com a curadoria personalizada da Olhar de Corretora, é possível encontrar o seu imóvel dos sonhos na Cidade Jardim. Clique aqui e confira a melhor opção dentro do que você busca!

 

Fontes:

http://identidadesp.com.br/cidade-jardim/

https://www.high.imb.br/historia-do-bairro-cidade-jardim/

https://saopauloantiga.com.br/a-heranca-do-hipodromo-na-mooca/

https://urbanidades.arq.br/2008/10/13/ebenezer-howard-e-a-cidade-jardim/

https://www.archdaily.com.br/br/961040/o-que-sao-cidades-jardim

Cadastre-se e receba novidades.

Cadastre-se e receba novidades.